Voltar

Cão ou Leão? Conheça a nossa proposta para a peça do mês de julho'18

Piveteiro (MNMC C1592;C1524)
De autor desconhecido, este piveteiro proveniente do antigo Mosteiro de Santa Clara de Coimbra e pertencente à atual coleção do Museu Nacional de Machado de Castro, integra atualmente a exposição permanente do Mosteiro de Santa Clara-a-Velha.
A peça em porcelana chinesa, revestida de vidrado monocromático branco (“blanc de Chine”), destinava-se a ser colocada nos altares e servia para suportar paus de incenso. 
A figura zoomórfica apresentada surge sobre um plinto moldurado e representa um leão ou um designado “Cão de Fo”.
Os Cães de Fo têm a aparência de um leão (animal sagrado na religião budista) e, também por isso, são habitualmente conhecidos como “Leões de Buda”.
Simbolicamente, um e outro, representam os guardiões dos templos budistas, protegendo-os contra os maus espíritos.
O macho é apresentado geralmente brincando com uma bola que simboliza a Terra e a fêmea com um cubo, ou ocupada com uma cria. 
A peça terá sido fabricada em Dehua (província de Fujian, China), conhecida pela qualidade da sua porcelana branca e pela produção de peças de cariz religioso associadas ao panteão budista.
Dimensões Máximas: altura: 130mm; largura: 57mm; profundidade: 84mm 
Autor: Desconhecido
Datação: Meados do século XVII d.C. (1640 d.C.)

Data: 01/07/2018 a 31/07/2018

Local: Mosteiro de Santa Clara-a-Velha | Coimbra

Publicação: 02-07-2018

Partilhar

Notícias e Eventos

Em Destaque