px acessibilidade mapa do site contactos pesquisa área de entidades copyright       
px
px Delegação px Noticias px Eventos px Entidades px Museu px Formulários px FAQ px Hiperligações px Procedimentos Concursais Comuns px Contratação Pública px
px
px
Distrito de Leiria   Distrito de Coimbra   Distrito de Coimbra (2)   Distrito de Viseu   Distrito de Aveiro   Distrito de Aveiro (2)
px

Hiperligações

Não encontra aqui alguma hiperligação de interesse?
Submeta-a através do formulário online, por favor.

CASA DA CULTURA

A MOAGEM - CIDADE DO ENGENHO E DAS ARTES
É um espaço moderno e polivalente que apresenta, para além do núcleo museológico, uma galeria e um auditório.
Centro do Visitante
Ponto de recepção e acolhimento da Moagem. É igualmente a porta de entrada no território do Fundão, disponibilizando-se aqui toda a informação relativa à oferta turística e cultural existente no concelho

Auditório
Com lotação de 140 lugares encontra-se plenamente equipado para a realização de espectáculos de música, teatro e dança, exibição regular de cinema, bem como de seminários e conferências.

Estúdio
Sala equipada para uso diversificado com lotação de 50 lugares.

Sala de Exposições
Antigo armazém, requalificado para acolhimento de exposições de arte contemporânea, alternando entre exposições de reconhecido mérito em parceria com outras entidades e a exibição de criações próprias da Moagem - Cidade do Engenho e das Artes.


http://www.amoagem.com.pt

Auditório Municipal Carlos Paredes
Distrito : Viseu
Concelho: Vila Nova de Paiva
Designação: Auditório Municipal Carlos Paredes
Morada: Praça D. Afonso Henriques, 1
Vila Nova de Paiva
3650 – 207 Vila Nova de Paiva
Telefone: 232 609 903
Telm: 925406333
Fax: 232 601 030
Mail: amcp@cm-vnpaiva.pt
Nº Cont: 506 809 323
Repartição Finanças: 2712 – Vila Nova de Paiva


http://www.cm-vnpaiva.pt/portal/page?_pageid=260,1323580,260_1323589&_dad=portal&_schema=portal

CASA MUNICIPAL DA CULTURA DE SEIA
A Casa Municipal da Cultura é uma das várias infra-estruturas culturais da cidade, com capacidade para proporcionar à cidade condições para uma prática de animação complementar à oferta turística do concelho, no contexto da Serra da Estrela.
O Cine-Teatro Jardim tem uma sala com 365 lugares, equipada com som e luzes, dispondo de amplo palco e camarins, sendo por isso um Espaço próprio para sessões de cinema, teatro, concertos, seminários e conferências.



http://www.casadaculturadeseia.com/

Geral

ACERT. Associação Cultural e Recreativa de Tondela
Formada em 1979, a ACERT cedo se assumiu portadora de um sentido de actuação pluridisciplinar, em termos das áreas artísticas, assentando a sua vertente criativa no núcleo que lhe deu origem: O TRIGO LIMPO teatro ACERT.
Esta singularidade (um grupo de teatro na génese de uma associação), caracteriza a dinâmica da ACERT, influenciando decisivamente a sua evolução: crescimento de um projecto transversal, em termos da promoção de espectáculos; formação e produção artísticas, sustentado por uma equipa que, pela profissionalização teatral, garante a sua operacionalidade, em termos da gestão de um projecto contínuo de programação permanente.

Descrição do Espaço:
Auditório 1/Cine-Tejá
276 lugares, 2 camarins, sub-palco, caixa de palco com teia - sistema de varas contra-pesadas e motorizadas, 5 varandas de trabalho, quarteladas de 2,5X2,25m., Palco elevatório de 2,20X2,20m. e cabina técnica/ 280 circuitos de iluminação e equipamento de som, panejamento preto, ciclorama, cortina de ferro, pano de boca e porta automática - boca de cena do auditório ao ar-livre;
Auditório 2
116 lugares, 2 camarins, sala de figurinos e cabina técnica/ 72 circuitos de iluminação e equipamento de som; Dimensões palco: largura - 9,90m.; fundo a 5m. de altura - 6,50m/ fundo complementar a 2,60m de altura - 3,30m.
. Bar
. Galeria de exposições e sala de apoio;
. Oficina de Artes Gráficas e Fotografia;
. Estúdio de Gravação Áudio;
. Estúdio de Gravação e Montagem Vídeo;
. Sala Orgânica - ensaios, espectáculos, gravação, dança, reuniões, formação, exposições;
. Auditório ao Ar- Livre: 470 lugares, cabina técnica , proscénio avançado/ cais de descarga;
. Oficina de Sonoplastia e Iluminação;
. Oficina de Desenho Gráfico;
. Sala de Reuniões;
. Salas de Formação;
. Sala de Produção;
. Instalações Sanitárias de apoio ao espaço exterior;
. Secretaria;
. Loja Cultural.


http://www.acert.pt/

CENTRO CULTURAL DE ÍLHAVO
Dando início a uma nova vertente de desafios culturais, o Centro Cultural de Ílhavo abriu as portas ao público no dia 24 de Março de 2008.
Um equipamento projectado para o presente mas com olhos postos num desempenho a longo prazo na área da Cultura, o CCI desenvolve uma programação diversificada, regular e de reconhecido valor artístico, abrangendo as diferentes áreas de criação e atenta às novas tradições e às correntes culturais.
Os grupos funcionais que constituem o CCI, num ambiente marcadamente urbano e moderno, integram os seguintes espaços principais:
- um parque de estacionamento em cave;
- um auditório/sala de espectáculos, equipado com torre de cena, sub-palco, sala de ensaios, camarins e espaços de apoio em cave;
- um foyer/espaço polivalente infra-estruturado para acolher diversas instalações plásticas e com serviço de cafetaria e bengaleiro;
- um edifício de apoio que inclui no piso da praça espaços comerciais e no primeiro piso gabinetes e sala de exposições;
- uma grande praça de utilização pedonal.



http://www.centrocultural.cm-ilhavo.pt/

DataCentro
O DataCentro é a plataforma informática do sistema de monitorização e avaliação da situação da região Centro. Trata-se de uma aposta da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro num serviço público de informação, único ao nível da região, de fácil utilização e direcionado para um público-alvo diversificado.
http://datacentro.ccdrc.pt

INVENTÁRIO NACIONAL DO PATRIMÓNIO CULTURAL IMATERIAL


http://www.matrizpci.imc-ip.pt

Mosteiro de Santa Clara-a-Velha de Coimbra
Rua das Parreiras
3040 -266 Coimbra

Tel: +351 239 801 160
Fax: +351 239 801 169

email: mosteiro.scvelha@drcc.pt
http://santaclaraavelha.drcc.pt/

PATRIMÓNIO
Registo sistemático dos bens classificados e em vias de classificação, com informação actualizada no âmbito da Arqueologia, História da Arte, Restauro, Valorização e demais áreas de conhecimento ligadas ao património.


http://www.igespar.pt/pt/patrimonio/pesquisa/geral/benscomproteccaolegal/

MUSEU

MUSEU DA CIÊNCIA DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA
O Museu da Ciência da Universidade de Coimbra é um museu interactivo de ciência que procura dar a conhecer a ciência a públicos de todas as idades, a partir das colecções de instrumentos científicos da Universidade de Coimbra e de um conjunto de experiências e actividades que envolvem o visitante.
Mantém uma actividade muito diversificada, entre exposições temporárias, visitas guiadas, conversas com cientistas e ateliers, que têm tido um excelente e crescente acolhimento na sociedade portuguesa.


http://www.museudaciencia.pt

MUSEU DE AVEIRO
Acervo histórico e documental manuscrito do Museu de Aveiro
Séculos XV ao XX

O Museu de Aveiro possui um acervo histórico documental com particular interesse para a história, designadamente do antigo Convento de Jesus de Aveiro, onde está instalado o Museu, da cidade de Aveiro, mas também para a museologia e para a história nacional, no contexto socio-político do período Liberal à Iª República.

A colecção de manuscritos é constituída por três núcleos fundamentais:

• O dos códices, séc. XV ao séc. XVIII, em pergaminho e em papel, provenientes do Convento de Jesus de Aveiro, de outros conventos de Aveiro e da Vila e da Cidade de Aveiro;

• O dos manuscritos avulsos, do séc. XV a séc. XVIII, em pergaminho e em papel, provenientes do Convento de Jesus de Aveiro, de outros conventos de Aveiro, da Vila e da Cidade de Aveiro e outros;

• O núcleo de tomos conventuais, eclesiásticos, camarários e da Fazenda Nacional, em papel, do séc. XIX ao 1º quartel séc. XX, proveniente de diversos pontos do país e incorporado no Museu de Aveiro quando da sua constituição (1911-1912).

http://www.manuscritos-maveiro.drcc.pt

PATRIMÓNIO

Secretário de Estado da Cultura

Biblioteca Nacional de Portugal http://www.bnportugal.pt/

Cinemateca- Museu do Cinema http://www.cinemateca.pt/

Direção Regional de Cultura do Alentejo http://www.cultura-alentejo.pt/

Direção Regional de Cultura do Algarve http://www.cultalg.pt/

Direção Regional de Cultura do Centro http://www.culturacentro.pt/

Direção Regional de Cultura do Norte http://www.culturanorte.pt/

Direção-Geral das Artes http://www.dgartes.pt/

Direção-Geral do Livro, Arquivos e Bibliotecas http://dglab.gov.pt/

Direção-Geral do Património Cultural http://www.patrimoniocultural.gov.pt/

Gabinete de Estratégia, Planeamento e Avaliação Culturais http://www.gepac.gov.pt/

Inspeção-Geral das Atividades Culturais http://www.igac.pt/

Instituto do Cinema e Audiovisual http://www.ica-ip.pt/

OPART - Companhia Nacional de Bailado http://www.cnb.pt/

OPART - Teatro Nacional S.Carlos http://tnsc.pt/

Teatro Nacional D.Maria II http://www.teatro-dmaria.pt/

Teatro Nacional São João http://www.tnsj.pt/

TEATRO

TEATRO ACADÉMICO DE GIL VICENTE
O Teatro Académico de Gil Vicente, equipamento cultural da Universidade de Coimbra inaugurado em 1961, presta um forte apoio à criação artística e cultural dos Organismos Autónomos e Secções Culturais da Associação Académica de Coimbra, e acolhe produções de outros grupos de Coimbra e de Companhias de outras localidades. No auditório acontecem preferencialmente espectáculos de teatro, dança, cinema, música clássica, jazz, ópera, etc, enquanto o Café-Teatro é utilizado como área de exposições ou instalações de artes plásticas, fotografia, arquitectura, apresentação de livros, recitais de poesia, leituras, conversas de fim de tarde, performances, cafés-concerto, etc.




http://dupond.ci.uc.pt/tagv/index.asp

TEATRO AVEIRENSE
O Teatro Aveirense é uma estrutura municipal de programação regular nas várias áreas artísticas, destacando-se como entidade de acolhimento por excelência e como um palco para o conhecimento, para o saber e para a actualidade da criação.
Tem como filosofia de actuação a prestação de um serviço público, estando por isso atento aos públicos locais e à sua diversidade sócio-cultural, desenvolvendo a sua actividade de sensibilização, de formação e de criação de novos públicos.
É um espaço de recreio e entretenimento, de fruição estética, de formação e pedagogia, a par com a sua função de difusor e promotor de identidade e de cultura.


http://www.teatroaveirense.pt

TEATRO VIRIATO
Inaugurado nos finais do séc. XIX com o nome de Theatro Boa União, encerra as portas, como Teatro Viriato, no ano de 1960.
Partindo de um projecto da Companhia Paulo Ribeiro, assumido e apoiado pela Câmara Municipal de Viseu e pelo Ministério da Cultura, a reanimação desta sala de espectáculos pretende oferecer ao público o acesso regular às artes do espectáculo, de reconhecido valor profissional, técnico e artístico, integrando Viseu nas rotas nacionais e internacionais de circulação de espectáculos diversificados.

http://www.teatroviriato.com

px

 

Categorias