px acessibilidade mapa do site contactos pesquisa área de entidades copyright       
px
px Delegação px Noticias px Eventos px Entidades px Museu px Formulários px FAQ px Hiperligações px Procedimentos Concursais Comuns px Contratação Pública px
px
px
Distrito de Leiria   Distrito de Coimbra   Distrito de Coimbra (2)   Distrito de Viseu   Distrito de Aveiro   Distrito de Aveiro (2)
px

Distrito de Leiria > Concelho de Caldas da Rainha >
Peça do mês no Museu da Cerâmica

Peça do mês no Museu da Cerâmica px
1/1/2018 a 31/1/2018
Janeiro 2018

Terrina. Couve
séc. XIX
Fábrica Constância Lisboa
altura: 50; largura: 47; comprimento: 30;
MC 380

Cifka, Wenceslau, (Tscheraditz, Boémia, 1811- Lisboa, 1883)
Wenceslau Cifka terá chegado a Portugal por ocasião do casamento de D. Fernando de Saxe-Coburgo-Gotha com a Rainha D. Maria II, como uma espécie de conselheiro de arte, devido aos seus conhecimentos de arqueologia e obras de arte, tendo adquirido preciosas colecções para a galeria do Rei. Dedicou-se a diversas actividades artísticas, sendo a primeira como fotógrafo, tendo sido um dos pioneiros em Portugal e aberto, em Lisboa, um dos primeiros estúdios fotográficos. Embora ainda utilizasse o daguerreótipo foi, progressivamente, utilizando novas técnicas, tendo ido aperfeiçoar-se a Paris. Efectuou diversas exposições de fotografia e, algum tempo depois, tornou-se fotógrafo da Casa Real. Após uma viagem pela Europa, juntamente com o Rei, ambos reforçaram o seu gosto pela cerâmica. Cifka passou a dedicar-se à faiança artística e influenciou o Rei, que também experimentou esta arte. Cifka cozeu a maior parte das suas peças na Companhia Fabril de Louça, às Janelas Verdes (depois Companhia Constância), mas não interferiu na produção da mesma. Efectuava peças a seu gosto, sem utilidade prática, preocupando-se especialmente com a forma. Sem formação como ceramista, não primou pela originalidade, tendo sido influenciado por diversos estilos, que misturou, e copiado a majólica italiana renascentista, usando o "istoriato" e o "grotesco", este último bastante apreciado em Portugal. Utilizou a gravura na cerâmica, possuindo uma das maiores colecções oitocentistas de gravura do País. Grande apreciador de Rafael, utilizou-o como modelo em vários pratos. Além de pratos produziu jarros, gomis, urnas e taças, com concepção e decoração renascentista, algumas vezes relevada, utilizando outras influências, como de Wedgwood, Palissy ou da porcelana chinesa. Cifka passou a utilizar muito formas de animais nas suas peças (perús, cisnes, galos, patos, peixes, tartarugas, entre outros) mas, de entre as diversas obras trabalhadas por este ceramista, são os violinos em faiança que mais têm suscitado a curiosidade dos coleccionadores. São atribuídos a este artista dois tipos de azulejo de figura avulsa e relevados, existentes no Palácio Nacional da Pena, produtos de uma encomenda exclusiva. D. Fernando II, seu amigo e protector, adquiriu a maior parte das suas obras e foi representado em muitas delas (tanto em fotografia como em peças de cerâmica). Este artista também vendeu peças em exposições nacionais e internacionais. Wenceslau Cifka foi, igualmente, desenhador, pintor, ceramista, litógrafo, esmaltador e professor em casas de famílias nobres, tendo coleccionado desenhos de diversos artistas. Teve várias condecorações, entre as quais o hábito de Cristo, que usava, assim como cargos régios (Fotógrafo da Casa-Real, 1855; Reposteiro da Real Câmara, 1859; Cavaleiro da Ordem de Cristo, 1864) .Medalha de ouro, Exposição Portuguesa, Rio de Janeiro, 1879. Participou nas Exposições: Exposição Universal de Paris, Paris, 1878; Exposição Portuguesa, Rio de Janeiro, 1879; Exposição "Wenceslau Cifka: ceramista, litógrafo e esmaltador", Palácio Nacional da Pena, Sintra, 1949; Exposição "Cifka - obra cerâmica", Museu Nacional do Azulejo, Lisboa, 1993-94.

Local

Museu da Cerâmica

Outras informações

Museu da Cerâmica
Palacete Visconde de Sacavém
Rua Dr. Ilídio Amado Ap. 97
2500-910 Caldas da Rainha
Tel 262 840 280
Fax 262 840 281
mceramica@drcc.gov.pt
Horário:
terça a domingo
10h00 às 12h30
14h00 às 17h30


Áreas

Eventos no mesmo Distrito

Eventos no mesmo Concelho

 

* A informação aqui apresentada foi disponibilizada pelas Câmaras Municipais e/ou agentes culturais. A DRCC declina a responsabilidade sobre qualquer erro e/ou omissão.